Arremesso de buquê

Compartilhar

 

O arremesso de buquê tem sido quase um esporte praticado na maioria dos casamentos. É o momento mais esperado pelas moças que sonham subir ao altar, já que conseguir esse troféu é garantia (???) para encomendar os doces. Por vezes já falamos sobre as origens do buquê da noiva, mas vamos falar especificamente no que diz respeito às moçoilas em idade casamenteira…
O anoitecer de domingo nos brinda com muitos vídeos domésticos com o tema arremesso de buquê, onde convidadas se esbofeteiam – como lutadoras de box; se jogam no chão – como jogadoras de vôlei; ou simplesmente escorregam na ânsia de pegar o buquê. São as vídeo cassetadas que nos mostram o que NÃO desejamos de forma nenhuma que aconteça em seu casamento. Para evitar isso, que tal o “Buquê com as fitas”? O buquê é amarrado com diversas fitas coloridas e cada candidata segura um ponta. A noiva – poderosa, usando um vestido da Nova Noiva – vai cortando as fitas e a última convidada que ficar com a fita, recebe o buquê. Fino, sem atropelos e perfeito para fotos. Outra opção bem bacana é o buquê no cofre. Nessa versão, cada “candidata” recebe uma chave e só uma chave vai abrir o cadeado…


Mas, se o seu desejo é arremessar o buquê mesmo, abuse dos buquês com muitos sapinhos ou pequenos Santo Antonios. Assim, mais convidadas ficarão felizes. E por que não o noivo também arremessar um buquê? Tenho visto por aí alguns noivos que arremessam buquês de “piriguetes” para seus amigos. Democrático não?
Brincadeiras à parte, a noiva dificilmente joga seu buquê de verdade. Algumas noivas levam seus buquês para a santa devoção, outras preferem secar seu buquê para posteriormente fazer um quadro ou coisa semelhante e, ainda outras oferecem esse símbolo tão lindo para sua melhor amiga. E você? O que pretende fazer? Conte pra gente.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados